Sanitização de ambientes, proteção contra vírus (Covid-19), fungos e bactérias

Em tempos de pandemia de coronavírus, a palavra higienização faz parte do nosso vocabulário diário. Mãos, sapatos, celulares e roupas são constantemente limpos para evitar o contágio da Covid-19, mas o que pouco tem se falado é sobre higienizar os ambientes. Confira em nosso post, tudo sobre Sanitização de ambientes.

Não só higienizar, mas sanitizar. E agora você deve estar se perguntando: e qual a diferença?

Colocando em termos simples, higienizar é limpar algo que está sujo ou contaminado. Sanitizar faz isso e vai além, criando um isolamento que pode manter o local livre de vírus, fungos e bactérias por um período maior de tempo.

Fungo, bactéria e vírus, qual a diferença?

Dentro da biologia existem algumas classificações bem técnicas para entendermos o que é cada um desses organismos, pois em muitos casos eles compartilham semelhanças.

Mas para você possa compreender de uma forma mais simples, vamos colocar da seguinte forma:

Bactéria: é um organismo unicelular “completo” pois vive sem depender de um hospedeiro. Grosseiramente falando, poderia ser considerado um animal minúsculo que se alimenta e defeca num ciclo constante.

Existem muitas bactérias nocivas à saúde, como staphylococcus que causam vários tipos de infecções, mas por outro lado temos bactérias boas, como as que vivem no nosso intestino auxiliando a digestão dos alimentos que consumimos.

Fungos: seguindo a linha das bactérias, os fungos também são organismos, porém pluricelulares, que sobrevivem por si só, porém nesse caso, invés de animais, podemos compara-los mais com as plantas.

Normalmente fungos crescem se alimentando de matéria orgânica, causando doenças nas plantas, como acontece com pés de laranjas e outras plantações, pois se alimentam e reproduzem muito rapidamente.

Outros tipos de fungos que encontramos no nosso cotidiano são o mofo e o bolor.

É bom lembrar também que, existem os tipos de fungos bons, que são iguarias culinárias, como cogumelos comestíveis e trufas.

Vírus: esse com certeza é o que mais temos ouvido falar ultimamente, e diferente dos dois anteriores o vírus precisa de um hospedeiro para sobreviver e se propagar. É um parasita na acepção da palavra, e costuma se propagar invadindo o organismo do ser humano e se replicando rapidamente usando nosso próprio sistema para isso.

O vírus da Covid-19 por exemplo, se aloja no pulmão e manda sinais para que nosso corpo o replique rapidamente e gera uma inflamação que causa espirros e tosses, que é por onde o vírus se aproveita para passar para o próximo.

Quanto ao lado bom dos vírus, (se é que podemos colocar assim) é o fato de que os próprios são usados para a produção das vacinas.

Explicando rapidamente, as vacinas utilizam uma dosagem controlada de algum vírus e quando inseridas no nosso corpo, faz com que criemos anticorpos para que fiquemos imunizados contra a forma mais severa da doença.

Para uma informação mais completa, consulte o site do Ministério de Saúde.

Sanitização de ambientes para proteção

Sanitização de ambientes para proteção

Agora que você entendeu as diferenças dos agentes biológicos que podem nos atacar, é hora de saber como se proteger com eficácia de todos eles, principalmente durante a pandemia.

A sanitização do ambiente, garante a eliminação de vírus, fungos e bactérias, e quando executado com o agente químico adequado, garante uma proteção duradoura para o local.

Aqui na Realenza, temos a sanitização com o Quaternário de amônia – quinta geração, que é uma solução poderosíssima que age na eliminação de fungos, bactérias e vírus e ainda gera uma camada protetiva que dura até um mês após sua aplicação.

Por ter ação confirmada contra o coronavírus, o quaternário de amônia quinta geração, está sendo fortemente recomendado pelo Ministério da Saúde para combatermos a propagação do Covid-19 e também já se mostrou eficaz na contra H1N1 e outras doenças no passado.

Fique tranquilo, pois apesar da eficácia na eliminação de vírus, bactérias e fungos, esse agente é seguro para nossa saúde. É importante apenas que seja aplicado de forma profissional, com a diluição correta e respeitado todos os protocolos para maior segurança e eficiência.

Consulte nosso site para entender mais como a sanitização de ambientes da Realenza pode ser um grande aliado para vencermos esse pandemia de coronavírus.

Anvisa – Registrado na ANVISA/MS n° 3.4192.0004
Validade – 24 Meses

PALAVRAS RELACIONADAS